Livros (Lista), são sempre melhores que homens!


 

Livros, um dos assuntos que mais me encanta. Eu sempre gostei muito de ler e fazer palavras cruzadas, rs. Hábitos que eu adquiri com minha mãe. Ler com prazer e não ler por ler. Desde muito pequena, eu leio, faço palavras cruzadas ( além de dedilhar um violão e fazer artesanato). Mas hoje eu vou deixar aqui alguns livros que me marcaram ou que eu tive/tenho muito gosto de (re)ler.

livrosMas antes, dentre os livros que li, o inesquecível…

Tratado Geral Dos Chatos do Guilherme Figueiredo, por todos esses meus anos de vida, esse foi o único livro que eu peguei e não terminei, na verdade, não cheguei a página 50… então, não me perguntem se ele é bom ou ruim, sinceramente, não sei. Eu não consegui ler esse livro. Que me desculpe o autor!!!!

sheldon_182

Sidney Sheldon

Em compensação, sou apaixonada por alguns autores, a começar Sidney Sheldon.  Então, vou citar somente alguns, pois eu li praticamente todos: O Reverso da Medalha esse foi o meu primeiro.. engana-se quem pensa que foi O Outro Lado da Meia-noite , que foi o terceiro, antes eu ainda li Um Estranho no Espelho e depois vieram  Se Houver Amanha,  A Outra FaceJuízo FinalLembranças da Meia-Noite e diversos outros títulos..

Mônica de Castro

Mônica de Castro

Uma autora que eu curto bastante é a Mônica de Castro, junto a Leonel, um espírito que faz parceria com ela, nesses romances psicografados. Da xará, eu já li: Uma História de OntemCom o Amor não Se Brinca, Sentindo na Própria Pele, Até que a Vida os SepareO Preço de Ser DiferenteGretaSó por AmorSegredos da Alma

Livros: Biografias!

Eu gosto de Biografias e um autor que eu destaco nessa área é o Ruy Castro. Dele eu li algumas (poucas) obras, como: O Anjo Pornográfico. A Vida de Nelson Rodrigues, Estrela Solitária- Um Brasileiro Chamado Garrincha , Chega de Saudade: A história e as histórias da Bossa Nova

E também destaco Fernando Morais: Chatô (que li três vezes, mas eu achei bem chato (pesado) – mas mostra que eu não tenho medo de livro grosso, na verdade eu adoro) e Olga

Vale Tudo. O Som e a Fúria de Tim Maia, do Nelson Motta,  foi o ultimo livro biográfico que li. Li também o Réu e o Rei, onde o autor (Paulo César de Araújo) leva diversos anos pesquisando sobre Roberto Carlos e quando publica o livro, o famoso Rei, cria um problemão e o impede de manter o livro nas livrarias. Uma coisa meio absurda, mas é uma biografia não autorizada. Mas, nesse livro novo, ele narra o que aconteceu, da pesquisa até os tribunais e um pouco mais. Eu fiquei com um certo nojinho do RC.

Livros de Cabeceira, quem não tem um?

Por anos, meus livros de cabeceira, foram Fernão Capelo Gaivota e O Pequeno Príncipe ai fui crescendo e queria ser intelectual, aos 14 anos.. andava sempre com um exemplar de um livro de Sartre:  O Muro, isso quando não era O Ser e o Nada. Ensaio de Ontologia Fenomenológica… . Li também Maquiavél, que eu achei um saco, mas li tudo..

Então veio a faculdade e tudo mudou. De  Sartre, passei a apreciar Jung e devorei: O Homem E Seus Símbolos, Sobre Sonhos e Transformações. Sessões de Perguntas em Zurique, Os Arquétipos e o Inconsciente Coletivo, Psicologia do Inconsciente, Jung e o Tarô. Uma Jornada Arquetípica e outros.

Assistindo aula na sala de um ex-namorado, cujo tema era Metamorfose de Kafka, não pude deixar de comprar e ler. E veio a Revolução dos Bichos de George Orwell, fascinante… um dos livros que mais gostei naquela época.

Me meti com tarô e li Curso de Taro e Seu Uso Terapêutico, mais um livrinho grosso para minha coleção. Nessa área veio: Curso Completo de Tarô do Nei Naiff, Caminho do Tarô, As Chaves do Tarô, O Tarô de Marselha. Veio um gosto pelo diferente… Runas, Fitoterapia, Cristais, Feng Shui, Wicca, Carlos Castanheira e o Xamanismo até chegar ao Baralho Cigano, que foi uma das últimas coisas que li/aprendi/certifiquei nessa área.

Infanto Juvenil, não tem idade para lê-los!

Mas eu adoro um infanto juvenil.. me lembro de vários livros adaptados e escritos por Carlos Heitor Cony, tipo: O Irmão Que Tu Me Destes, Quinze Anos, Uma História de Amor, Rosa Vegetal e Sangue, Luciana Saudade e as adaptações: A Ilha Misteriosa (Verne), Tom Sawyer Detetive (Mark Twain), Huckleberry Finn (Mark Twain),  O Roubo do Elefante Branco (Mark Twain) dentre outros.

Ai comecei a ler também, Jorge Amado esse eu perdi a conta, Comecei com Farda, Ffardão, Camisola de Dormir, e depois fui… Mar Morto, Capitães da Areia, Terras do Sem-Fim, O amor do soldado, Gabriela, cravo e canela, A morte e a morte de Quincas Berro d’Água, Dona Flor e Seus Dois Maridos, Tenda dos milagres, Teresa Batista cansada de guerra, mas eu nunca consegui ter nas mãos Jubiabá, e sempre tive vontade de ler.. não sei porque isso aconteceu. Qualquer dia venho aqui dizer que li.  Depois de ler Jorge, dei de cara com Zélia (Gattai) e me apaixonei pelo que ela escreveu e eu pude ler, como por exemplo: Anarquistas Graças a Deus, Um Chapéu Para Viagem, Senhora Dona do Baile, O Segredo da Rua 18, A Casa do Rio Vermelho e mais um ou dois que eu não lembro no momento.

Você conheceu o Clube do Livro?

Existem outros autores e milhares de livros que passaram pela minha vida. A maioria veio através do Clube do Livro, onde sem sair de casa a gente recebia uma revista oferecendo diversos títulos, você escolhia e 15 dias depois estavam em seu endereço. Era um vício para quem gostava de ler. E a minha mesada ia embora.. mas nunca me arrependi ou reclamei de deixar de sair para ficar lendo. Afinal, sempre achei a companhia dos livros muito melhor do que a de algumas pessoas, principalmente os homens, daquela época.. rs (desculpem, rapazes, mas livros, são melhores que homens.. pra mim)

Em 2000 e pouco, havia uma rede social chamada Multiply, onde a gente publicava várias listas, fotos e várias outras coisas.. Acho que foi o antecessor do Facebook, nela eu publiquei uma lista imensa de livros que tinha lido, com pequenos resumos e no final, a minha opinião sobre cada livro. Era um trabalho fantástico, que infelizmente, eu não salvei e o Multiply acabou.. paciência.

Bem, chega de falar dos meus livros, caso contrário não farei mais nada..

Que tal você me contar sobre os seus livros, agora?

Eu coloquei alguns links para o Amazon Br.. caso você queira adquirir algum deles. Digamos que muitos ali, eu de fato recomendo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *